sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Novo coordenador da biblioteca

Estamos no início do ano letivo e há vários rostos novos.

A nossa biblioteca tem como coordenadora a Dra. Manuela Cracel.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Feira Pedagógica

Exposição de trabalhos no âmbito do PNL / CL   ---          6ºA , 7ºA/B,  8ºA/B, 9º A

Os jardins de Infância da escola apresentaram desenhos dos momentos mais significativos da Hora do Conto. *

Os alunos do 6º ano apresentaram trabalhos de géneros literários  diferentes , sobre obras/ poemas  explorados na sala de aula.
Os alunos do Clube de Leitura dos 7º A e B exibiram textos poéticos relacionados com a leitura e a  poesia.
Os alunos dos 8º A e B expuseram vários trabalhos de escrita criativa, de obras exploradas no âmbito do PNL.  Apresentaram, ainda, poemas visuais e trabalhos dos dias evocativos, realizados na sala de aula e no Clube de Leitura.
O 9ºA apresentou poemas visuais realizados no Clube de Leitura.

Esta exposição foi do interesse da comunidade escolar , que se envolveu nas atividades/ projetos, trabalhando de forma colaborativa. Cumpriram-se, assim, os como objetivos gerais nºs 3 e 4, da Biblioteca.
Conseguiu-se, com estes trabalhos, a articulação com as estruturas de coordenação educativa, de forma a fomentar nos alunos o hábito e o prazer da leitura e da escrita, utilizando e valorizando a biblioteca escolar.  Desta forma cumpriram-se os objetivos específicos nºs 3, 4, 6 e 8.





quarta-feira, 8 de junho de 2011

Desafios – Sorteio




Na presença dos 4 alunos vencedores João Paulo Ferreira (7ºA, nº6); Ruben Azevedo (7ºA, nº 17); Susana Teixeira (8ºA, nº 15); e Luís Antunes (9ºA, nº 18); de 2 elementos da Associação de Estudantes e 3 elementos da equipa da Biblioteca, realizou-se o sorteio cabendo o prémio ao aluno.
 
LUÍS ANTUNES, 9º A, Nº 18.

Os restantes alunos escolheram um livro da colecção Sol, como prémio de consolação.

Biblioteca da EBS P Martins Capela,
Terras de Bouro, 08-06-2011

terça-feira, 7 de junho de 2011

desafios soluções

Desafio 1 – Falso.

Desafio 2 – Falso.
Foi Karl F. Benz porque fez o registo da primeira patente de veículo automóvel (29 Janeiro 1886).
Desafio 3 – Falso.
A obra «Romeu e Julieta» evoca o amor de dois jovens na cidade italiana de Verona.
Desafio 4 – Falso.
Reino Unido, Grã-Bretanha e Inglaterra são geograficamente diferentes.
Desafio 5 – Verdadeiro.
Em Vénus um dia é mais longo que um ano porque o movimento de translação (rodar em torno do Sol) é mais rápido que o movimento de rotação (rodar sobre si).

segunda-feira, 6 de junho de 2011

desafio 4


 REINO UNIDO, GRÃ-BRETANHA E INGLATERRA SÃO SINÓNIMOS.



                                                         Verdadeiro?                    Falso?

solução dos desafios 1, 2 e 3

Desafio 1 – Falso.

 A Gronelândia, antiga colónia quer da Noruega quer da Dinamarca, é desde 1979 uma nação autónoma mas sob administração do Reino da Dinamarca; tem por capital Nuuk. Não integra a União Europeia mas beneficia do estatuto de estado associado. É a maior ilha do Planeta Terra, as suas costas dão, a norte, para o oceano Glacial Árctico, a leste para o Mar da Gronelândia, a leste e sul para o Oceano Atlântico e a oeste para o mar do Labrador e baía de Baffin; região pouco atractiva à fixação humana.


Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/
http://geographicae.wordpress.com/


Desafio 2 – Falso.
Existem referências históricas com mais de três séculos que referem um veículo que se movia por si próprio – documentos referem que em 1678 o jesuíta belga Verbiest construiu, para divertimento do Imperador chinês Hang-Hi, um veículo que se deslocava pelos seus próprios meios. Contudo, o registo da primeira patente de um veículo automóvel completo, foi feito por Karl Frieddrich Benz (1844 - 1929) a 29 de Janeiro de 1886, no “Serviço Imperial de Patentes de Berlim”, onde recebeu o número 37.435, se refere ao primeiro automóvel da história. Fundaria a Benz & Cia que ao associar-se em 1924 a outro construtor de automóveis deu origem à Mercedes-Benz.
Henry Ford (1863 - 1947) fundou a marca de automóveis Ford Motor Company, teve um grande papel na democratização do automóvel ao aplicar a montagem em série de forma a produzir em massa automóveis em menos tempo e a um menor custo.
Fontes:
http://inventors.about.com/od/fstartinventors/a/HenryFord.htm
http://www.automotor.xl.pt/galeria/pioneiros/primeiro.shtm




quarta-feira, 1 de junho de 2011

brincando com os poeta

Eu, singela leitora, enquanto leio, no silêncio me refugio.
E , numa noite serena de inverno,  emergiu aos meus ouvidos o bulício
De dois poetas maiores que, sobre seus destinos amargurados,
Discutiam. Quedei a leitura e embrenhei-me em seus fados .

“Camões, grande Camões, quão semelhante
Acho teu fado ao meu.
Assim vivo, Meus fados
Me desarreigam d'alma a paz e o riso,

Vinde cá, meu tão certo secretário
Já me desenganei (…) de queixar-me,
Não se alcança remédio…
Como tu, junto ao Ganges sussurrante
Da penúria cruel, no horror me vejo.

Eu não, mas o Destino fero, irado,
Fez-me deixar o pátrio ninho amado,
Passando o longo mar, que ameaçando
Tantas vezes me esteve a vida cara.
Mas, já que para errores fui nascido,
Vir este a ser um deles não duvido.

Como tu (…)
Também carpindo estou
Sem causa, juntamente choro e rio;
O mundo todo abarco e nada aperto.
Se me pergunta alguém porque assim ando,
Respondo que não sei;
Igual causa nos fez, perdendo o Tejo

As sem-razões digamos que, vivendo,
Me faz o inexorável e contrário
Destino,
Sacrifiquei a vida a meu cuidado.

Eia! Acode ao mortal que, frio e mudo,
Oculta o pátrio amor.”
E eu acordei deste êxtase de dor,
Acudi a Bocage e a Camões
E ingressei no seu universo de paixões.

            Da professora Rosário para as “suas crianças” do 8º ano A e B
                                                 1 de Junho de 2011

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Dia do autor português


 Encontro com o poeta João Luís Dias
25 de Maio de 2011


A atividade decorreu entre as 10.15h e as 12h, no anfiteatro da EBS Padre Martins Capela a qual foi articulada com o autor, com o docente de Língua Portuguesa, Professor Manuel Adelino e com o Técnico Superior Luís Pinho. Em termos curriculares esta atividade foi enquadrada na exploração programática da Poesia Contemporânea, conteúdo curricular do décimo ano a Língua Portuguesa; em termos musicais o Técnico Superior Luís Pinho, também docente e músico, criou uma música com a selecção de poemas do autor a apresentar, seleção essa da autoria do professor Manuel Adelino e que estes intitularam de «Falo do Homem Nascido». Na sessão estiveram presentes as turmas dinamizadoras (10º A e 10ºB), o 12ºB e o 8ºB dado a vontade manifestada, num total de 46 alunos, para além de docentes, funcionárias não docentes e de encarregados de educação; as outras turmas do ensino secundário não puderam estar presentes ou por se encontrarem a realizar provas de avaliação ou em estágio. À mesa encontrava-se o autor/poeta, João Luís Dias, o assessor do senhor Presidente da Câmara Municipal, Dr. Filipe Teixeira, o professor Manuel Adelino e o senhor Presidente da Comissão Administrativa Provisória, Dr. Óscar Rodrigues, que a presidiu; o Dr. Luís Pinho encontrava-se ao lado da mesa em área específica para nos brindar com a sua guitarra. Apresentada a atividade pelo professor bibliotecário, Daniel Ribeiro, seguiram-se as intervenções próprias do Presidente da CAP e do Assessor da presidência da edilidade. Após estes momentos protocolares, o professor Manuel Adelino traça um percurso do autor pelo mundo da poesia, fazendo um enquadramento do autor na literatura minho-galaica, lendo alguns poemas e dando enfoque à evolução na capacidade criadora da escrita e nas temáticas abordadas. O poeta João Dias faz o seu testemunho contextualizando a sua posição no mundo da escrita, como autor (as suas musas e os seus propósitos) e como presidente da CALIDUM (o papel e o trabalho desenvolvido na divulgação de novos autores galaico-minhotos), e lê e enquadra alguns dos poemas do «Coração de Algodão», sempre com acompanhamento musical pela guitarra do Luís Pinho. Seguiu-se o tributo dos alunos do 10º ano com a leitura de poemas do «Coração de Algodão», acompanhados pelos acordes musicais de Luís Pinho. Aberto um período de diálogo com a plateia, uma nova interação com o público, algumas questões foram colocadas quanto ao processo criativo e à temática abordada a que o poeta respondeu revelando alguns dos seus momentos de inspiração e de criação literária. Por fim, a aluna Cristriana Pereira (10ºB) cantou o original (criado para a ocasião) «Falo do Homem Nascido», acompanhada à guitarra por Luís Pinho e Manuel Adelino numa atuação que a todos emocionou e que teve de ser repetida face à ovação da assistência.

O encontro com o poeta local, João Luís Dias, para apresentação/divulgação do livro «Coração de Algodão», inseriu-se no propósito de comemoração do Dia do Autor Português e de proporcionar numa atividade comum ao agrupamento escolar a promoção do hábito e prazer de ler e em contexto duma aprendizagem significativa, mormente pela riqueza que o testemunho dum autor sempre proporciona e pela associação da palavra (da poesia) à música numa simbiose artística. Julgamos que os objetivos fulcrais da atividade foram amplamente conseguidos e bem refletidos na interação proporcionada e na emoção sentida por todos nesta feliz harmonia da palavra e da música tendo cumprido integralmente o objetivo estruturante do PLano Nacional da Leitura, isto é, o incremento literácio da comunidade para a sua aproximação aos níveis da comunidade europeia.


 Blogue do poeta João Luís Dias: http://jluisdias.blogs.sapo.pt
 Blogue do docente Manuel Adelino Cracel:http://passarao.blogspot.com

segunda-feira, 23 de maio de 2011

desafio3


A história de Romeu e Julieta, escrita por William Shakespeare, decorreu em Florença, uma cidade italiana.



                                                         Verdadeiro?                    Falso?

segunda-feira, 16 de maio de 2011

desafio 2

DESAFIO 2









Henry Ford é o inventor do automóvel.



                                                         Verdadeiro?                    Falso?

segunda-feira, 9 de maio de 2011

domingo, 8 de maio de 2011

O melhor leitor

Divulgação dos MELHORES LEITORES
2º Período, 2010-2011
BIBLIOTECA DA EBS PDE. MARTINS CAPELA

Esta atividade do Plano anual das Bibliotecas Escolares do Agrupamento é direcionada aos alunos do 3º ao 12º ano e visa a divulgação do livro e a promoção dos hábitos de leitura; a aferição de dados é baseada nos totais das requisições individuais.


2º CICLO
         5º A: Cristiana Filipa Campos Gomes, Nº 8
         6º A: Márcia Araújo Machado, Nº 23
3º CICLO
         7º A: José Pedro Silva Janela, Nº 9
         8º A: Daniela Soares, Nº 7
         9º A: Rita Andrade, Nº 20
Ensino Secundário
         10º anos:
Mónica Sofia Oliveira, 10º B, Nº 6
Andreia Patrícia Gonçalves da Costa, 10ºC, Nº 2
         11º A: Axelle Schaller, Nº 3
         12º B: Pedro Filipe Brito Fernandes, Nº 7

Terras de Bouro, Maio 2011

Desafios

Regulamento
1- Descrição
As Bibliotecas Escolares / Centro de Recursos Educativos da EBS Padre Martins Capela e EBS Rio Caldo
vão promover a actividade “Desafios…”, que consiste na apresentação semanal de dois desafios, aos quais
qualquer aluno do 5º ao 12º ano poderá participar.
A participação consiste na resposta correcta ao desafio apresentado, utilizando o talão de resposta
para o efeito.
Na segunda-feira é afixado um desafio, ao qual poderão dar resposta até às 12.45h da quarta-feira. Na
quarta-feira à tarde é afixada a solução/resposta do desafio de segunda-feira e afixado um novo desafio.
2- Objectivos
- Fomentar o envolvimento da comunidade escolar nas actividades/projectos promovendo o trabalho
colaborativo.
- Promover a articulação com as estruturas de coordenação educativa;
- Contribuir para a ocupação plena de tempos livres da população escolar;
- Desenvolver nos alunos competências de leitura e escrita, tratamento e produção de informação, e
competências digitais.
3- Destinatários
A actividade destina-se a todos os alunos das escolas EBS Padre Martins Capela e EBS Rio Caldo.
4 - Condições de selecção
O(a) vencedor(a), um para escola envolvida, será quem obtiver o maior número de
respostas/soluções correctas aos desafios apresentados.
No caso de se observar um empate, serão apresentados aos alunos em causa mais desafios até se
verificar o desempate.
5 - Divulgação
O(a) vencedor(a) será divulgado nos blogues das respectivas Bibliotecas Escolares e em Placard
da BE.
6 - Prémio
O(a) vencedor(a), um para a EBS Pde Martins Capela e outro para a EBS Rio Caldo, receberá
como prémio um telemóvel.
Terras de Bouro, Maio de 2011

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE TERRAS DE BOURO
BIBLIOTECAS ESCOLARES

DESAFIOS…

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Semana da Leitura na Escola

De 1 a 7 de abril decorreu, na nossa escola, a Semana da Leitura. Foram dinamizadas várias atividades e a participação de toda a comunidade muito positiva.
A Maratona da Leitura foi um desafio interessante e pioneiro que motivou muita vontade de participar. Ainda mais pela presença e transmissão em direto, durante uma hora, pela Rádio Voz do Neiva.







terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

A Magia da Lua


                “Olá! Sou um Gato e vivo num parque. Conheci uma Andorinha pela qual me apaixonei. Mas, como ela não queria nada comigo, desisti desse amor.
         Uma vez, no meu vagueio pela noite, vi a Lua…”

Era brilhante, iluminando o caminho com a sua luz branca… era linda!
Trepei uma árvore, ficando mais próximo dela e contemplei a sua beleza. Sentia-me nas nuvens como já há muito não me sentia.
Foi esta a noite em que lhe falei pela primeira vez. Sorri-lhe, a medo, e ela retribui-me com um esplêndido sorriso. Trocamos breves palavras até ao amanhecer.
 Aí, quando a Lua se despediu e abandonou o céu, prometendo-me voltar ao pôr-do-sol, miei despedindo-me dela, ansioso pelo anoitecer. 
Fui para junto do velho tecido de veludo, onde descansei durante todo o dia, para poder de novo, à noite, encontrar-me com a Lua.
À noite, quando a Lua voltou, senti-me tão feliz que subi de novo para a árvore, onde na noite anterior fiz serão.
A Lua veio ao meu encontro:
- Olá! – cumprimentou-me.
- Olá! - retribui-lhe a saudação – Gostei muito da noite de ontem.
- Eu também. Normalmente, fico aqui sozinha, apenas com a companhia das estrelas; por isso foi muito bom ter conversado com alguém.
Continuamos a conversa durante a noite inteira.
Quando chegou a hora de nos despedirmos, já desejava a noite seguinte.
 Esta rotina (eu dormia durante o dia e encontrava-me com a Lua de noite), continuou durante muito tempo, até à noite em que lhe abri o meu coração e lhe revelei os meus sentimentos pêra com ela:
- Durante todas estas noites de encontros, apercebi-me que um sentimento, um grande sentimento floria dentro do meu coração.
A Lua ficou ainda mais brilhante com as minhas palavras e percebi que ela nutria o mesmo sentimento por mim.
Nesse mesmo instante, passou uma estrela cadente por mim, como sinal do amor que existe entre nós.
E todas as noites continuamos a dar asas ao nosso amor.

                              Elsa e Adriana, 8ºB

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Escrita criativa


Tudo se passou há uns tempos atrás. Em família, decidimos fazer um acampamento na Serra do Gerês. Quando chegámos, já noite cerrada, montámos as tendas e instalámo-nos.
A meio da noite, sentimos frio e fizemos uma fogueira. O céu estava limpo. Depois de nos sentirmos melhor, pensámos observar a vida animal nocturna. Com a intenção de nos guiarmos pelo clarão da fogueira, ao regressarmos, afastámo-nos mais do que tínhamos previsto. Reparámos que o céu ia ficando nublado, lentamente. Começou a chover.
Sem nos lembrarmos do regresso, decidimos abrigar-nos numa gruta que avistámos lá perto. Ao entrarmos, sentimos o calor de uma outra fogueira e observámos uma luz, que seguimos, assustadas. Já perto daquela luz, encontrámos três criaturas nada prováveis naquela região. Eram camelos. Ainda mais assustadas, decidimos continuar o caminho, até que encontramos três personagens que tínhamos por ideia já termos visto em imagens de livros infantis.
Lembrámo-nos dos reis magos, que seguiam uma estrela para encontrar o Menino Jesus na época natalícia, após o seu nascimento. Estes encontravam-se desesperados, tocando, impacientemente, nas paredes da gruta.
Confusas com o que víamos, perguntámos:
- O que fazem aqui? Procuram alguma coisa?
Responderam-nos:
- Seguíamos uma estrela para encontrar o estábulo onde nasceu o Menino Jesus, quando o céu ficou nublado e começou a chover. Deixámos de ver a estrela e decidimos abrigar-nos numa gruta. Ao tocarmos numa das paredes, viemos cá parar. Agora estamos a tentar encontrar uma forma de voltar ao nosso tempo.
Percebemos então a situação, e, quando parou de chover, decidimos levá-los para o acampamento. A fogueira que tínhamos feito estava apagada. Como iríamos voltar? Já não nos lembrávamos do caminho de regresso. Seguimos um foco incandescente que se avistava ao longe, percebemos logo que seria no acampamento.
Quando chegámos, as nuvens desapareceram do céu e reparámos que a estrela-guia continuava lá.
- É a nossa estrela! – Exclamaram, espantados, os reis.
Seguindo a estrela voltariam ao seu tempo. Despedimo-nos deles. Seguiram o seu caminho e deitámo-nos, sem que ninguém se tivesse apercebido da nossa aventura. 


        Cláudia e Inês, 8ºA

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Concurso Camões

Divulga-se a informação relativa ao concurso «Camões um poeta genial»

O concurso «Camões um poeta genial» é uma iniciativa conjunta da Associação Casa-Memória de Camões em Constância, Câmara Municipal de Constância, Plano Nacional de Leitura e Centro de Ciência Viva em Constância, direccionado aos discentes do Primeiro Ciclo ao Ensino Secundário, destinado a premiar, por ciclo de ensino, sítios/blogues criados por um a três alunos e acompanhados por um ou mais professores, com base no tema central «Camões, um poeta genial»; o conteúdo e a organização do sítio/blogue é da responsabilidade dos concorrentes, terá de incluir um ou vários textos elaborados por estes e poderá incluir imagens, comentários e sugestões de livros/leitura, e animações; os sítios/blogues criados serão avaliados pela riqueza e variedade, correcção e clareza de conteúdo, estética e originalidade, e adequação e acessibilidade; a pré-inscrição das escolas terá de ser realizada até trinta e um de Janeiro.

Concurso Camões, um poeta genial Regulamento – 2ª edição ASSOCIAÇÃO CASA-MEMÓRIA DE CAMÕES
1.
O Concurso «Camões, um poeta genial» é uma iniciativa da Associação Casa-Memória de Camões em Constância, apoiada por Câmara Municipal de Constância, Plano Nacional de Leitura e Centro Ciência Viva de Constância.
2.
 Escalão A: 1º Ciclo
 Escalão B: 2º Ciclo
 Escalão C: 3º Ciclo
 Escalão D: Ensino Secundário
Destina-se a premiar sítios/blogues concebidos e elaborados por alunos dos seguintes níveis educativos:
3.
As escolas podem apresentar a concurso sítios/blogues criados por um ou mais alunos (no máximo três) sendo necessário o acompanhamento de, pelo menos, um professor.
4.
O tema central dos trabalhos a apresentar a concurso é: «Camões, um poeta genial».
5.
Poderão incluir:
a. Imagens (fotografias, sequências filmadas, ilustrações, etc.).
b. Comentários e sugestões de livros/leitura.
c. Animações.
A escolha da plataforma de alojamento dos sítios/blogues e o seu conteúdo e organização ficam ao critério dos concorrentes. Deverão incluir necessariamente um ou vários textos elaborados pelos concorrentes.
6.
 
7. Calendarização e Programação das Actividades

Divulgação do concurso e do regulamento nos sítios PNL e Casa Memória de Camões (http://camoesconstancia.do.sapo.pt) A partir de Dezembro
de 2010
Pré-inscrição das escolas através do formulário disponível no site (http://camoesconstancia.do.sapo.pt) e enviado para o e-mail camoes.constancia@gmail.com Até 31 de Janeiro
de 2011
Confirmação dos dados apresentados na pré-inscrição e identificação do endereço do sítio/blogue a concurso Até 30 de Abril
de 2011
Publicação da lista de escolas a concurso. De 1 a 10 de Maio
de 2011
Publicação da lista de premiados e dos prémios. Maio de 2011
Cerimónia de entrega de prémios com apresentação dos trabalhos premiados na Casa-Memória de Camões em Constância. 10 de Junho de 2011
Os trabalhos serão avaliados segundo os seguintes critérios: riqueza e variedade; correcção e clareza de conteúdo; estética e originalidade; adequação e acessibilidade.

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Concurso "Conheço um escritor"

Divulga-se aqui  a informação relativa ao concurso «Conheço um escritor».

Concurso movido pela Revista Visão Júnior em parceria com o Plano Nacional de Leitura e a Rede de Bibliotecas Escolares, destinado aos discentes do primeiro ao nono ano de escolaridade, publicará mensalmente uma entrevista com um autor na qual serão respondidas questões colocadas, individualmente ou em grupo, e enviadas para escritoresjunior@imprensa.pt.

Para mais informações dirigi-te à tua biblioteca escolar.

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Faça lá um poema

Divulga-se a informação relativa ao concurso «Faça lá um poema»

Concurso de iniciativa conjunta do Plano Nacional de Leitura e do Centro Cultural de Belém (CCB), no âmbito da comemoração a vinte de Março do Dia Mundial da Poesia no CCB, lança o desafio aos alunos, do Primeiro Ciclo ao Ensino Secundário, de participarem individualmente redigindo um poema (com correcção da escrita, riqueza de conteúdo e originalidade do tema e da linguagem); a selecção dos melhores trabalhos por ciclo de estudos terá de ser enviada para a sede do agrupamento, ao cuidado do professor bibliotecário, até ao dia vinte e um de Janeiro; o agrupamento só poderá participar com quatro trabalhos, um por ciclo de estudos; e, os premiados participarão, sem custos, na cerimónia pública a realizar no dia a vinte de Março do Dia Mundial da Poesia no CCB, em Lisboa.

Consulta o regulamento na tua biblioteca